Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Associação Agrícola da Ilha das Flores


Quarta-feira, 08.03.17

Convocatórias da próxima Assembleia Geral

CMF24-2_170308145035_0001-page-001.jpg

CMF24-2_170308145114_0001-page-001.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 15:40

Segunda-feira, 12.12.16

Edital

CMF24-2_161212112346_0001-page-001.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 11:23

Quarta-feira, 23.11.16

Cursos de formação para agricultores e jovens agricultores

Cartaz_Flores_pdf-page-001.jpg

 Nota: Qualquer pessoa pode frequentar estes cursos, as inscrições são até dia 25-11-2016.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 10:50

Sexta-feira, 18.11.16

Entrega de resíduos de embalagens de produtos fitofarmacêuticos

Senhor Agricultor Florentino, na compra de produtos fitofarmacêuticos deve adquirir também um saco de plástico próprio para armazenamento temporário dos resíduos de embalagens vazias na sua exploração, com o custo de 0,59 €.

Estas embalagens vazias deverão ser devidamente acondicionados nos sacos anteriormente fornecidos, nos mesmos locais onde armazena os seus produtos fitofarmacêuticos e transportar estes sacos depois de cheios para um Ponto de Retoma Valorfito, isto é, na Cooperativa União Agrícola Florentina.

Por cada saco cheio que entregar recebe um saco vazio totalmente gratuito.

valor fito.png

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 17:19

Quarta-feira, 16.11.16

Worksho - AgroHorta

AgroHorta-workshop_pdf-page-001.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 16:23

Quarta-feira, 16.11.16

Convocatórias

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 16:21

Terça-feira, 25.10.16

Controlo de Roedores

rato (1).pngEsta é sem dúvida uma das preocupações atuais...

Porque deve realizar o controlo de roedores?

Ao controlar os ratos (rato de quinta, rato de esgoto e murganho) na sua exploração, previne doenças e gastos económicos desnecessários. A partir do momento em que estes animais encontram alimento e abrigo têm as condições ideais para a sua proliferação.

Como proceder?

Através da aplicação de venenos e armadilhas.

É importante realçar que se os venenos não forem bem aplicados os resultados também não serão os esperados. Nunca coloque os iscos sem estarem devidamente protegidos por um posto de engodo.

Ao utilizar este método:

- Protege o isco da humidade, poeira e chuva;

- Disponibiliza um local onde o animal se sente seguro e se alimenta;

- Evita o consumo do isco por espécies não alvo;

- Evita o contacto de crianças com os iscos;

- Facilidade da monitorização dos consumos.

 

Pode comprar postos de engodo com chave/fechadura ou apostar nos de fabrico artesanal, como por exemplo, tubos de PVC, garrafas de plástico cortadas dos 2 lados, caixas de madeira ou telhas. Para afixar os iscos nestes postos artesanais sugere-se a utilização de uma verga de arame.

 

Nota: Não aplique rodenticidas junto às linhas de água (ribeiras, lagoas e orla marítima).

 

Manipule o material utilizado na desratização (postos, iscos e armadilhas) com luvas, evitando assim que o seu cheiro fique no material e que provoque desconfiança por parte dos ratos.

 

De forma a reduzir a oferta ou dificultar o acesso dos roedores a alimento e abrigo:

- Mantenha todos os alimentos passíveis de atrair os ratos em recipientes ou estruturas bem fechadas e à prova de roedor;

- Evite a permanência de restos de alimento nos comedouros dos animais, ou em seu redor, principalmente durante a noite;

- Coloque o lixo dentro de contentores bem fechados e à prova de roedor;

- Mantenha o ambiente o mais limpo possível, eliminando quaisquer materiais em desuso que possam facilitar a deslocação ou servir de refúgio para os roedores, tais como montes de madeira, restos de vegetação ou outro lixo/entulho;

 

Na nossa loja encontra soluções para este problema tão conhecido. Visite-nos!

 

 

Fonte: Controlo de Roedores nas explorações agrícolas e pecuárias da RAA, Direção de Serviços de Agricultura e Pecuária

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 16:29

Terça-feira, 20.09.16

Como criar pintos

Logotipo Cooperativa.png

 

ChickenEgg.png

 

 

 

 

 

                                            Como criar pintos

 

 

 

Com a chegada dos novos pintainhos damos-lhe de seguida algumas dicas para cria-los da melhor forma.

Crie, no mínimo, 3 a 6 pintos

As galinhas são animais muito sociáveis​​, por isso deve manter pelo menos 3-6 aves para que sirvam de companhia entre si. Pode ter também uma ou duas extra, para o caso de alguma morrer.

Pense no espaço e no equipamento que vai precisar, com antecedência

Inicialmente, os pintainhos irão precisar de uma criadeira, isto é, de um pequeno recinto, como uma caixa de papelão ou gaiola. O tamanho da criadeira não é extremamente importante, desde que os pintainhos tenham espaço suficiente para eles, para a comida e água. As paredes precisam de ser altas o suficiente para impedi-los de saltar quando ficarem um pouco mais crescidos.

Deve colocá-los dentro de casa ou numa garagem. Evite sempre espaços com correntes de ar. Deverá ter uma fonte de aquecimento, este factor é dos mais importantes. Para além disto, os pintos terão que ter sempre à disposição água e alimento.

Monitorize a temperatura

A lâmpada deve ser colocada na criadeira para manter os pintainhos aquecidos. Use uma lâmpada com refletor, pode utilizar também uma lâmpada comum de 100 watts, também resulta. A temperatura deve estar entre os 32 e 37 ºC durante a primeira semana, depois deve ser reduzida 2,5 ºC a cada semana que passar, até que os pintos desenvolvam as suas penas, por volta das 5-8 semanas de idade. Quando atingirem esta idade pode desligar a fonte de calor.

Para ver se a chocadeira é quente o suficiente ou não, basta reparar no comportamento dos pintos. Se eles estiverem muito juntos nos cantos mais distantes da luz, estará muito quente, se eles estiverem muito juntos de baixo da luz, estará muito frio. Deve ajustar a temperatura através da distância da luz ou alterando a potência da lâmpada.

O chão da “chocadeira” deve ser coberto com uma camada de areia limpa, aparas de madeira ou palha.

Deve limpar o espaço onde os pintainhos estão a cada dois dias e nunca deve permanecer húmido. A limpeza é muito importante nesta fase, pois estão sujeitos a uma série de doenças, muitas das quais podem ser evitadas com um saneamento básico adequado.

 Quando os pintos tiverem cerca de dois meses de idade, pode transferi-los para uma gaiola ou recinto ao ar livre. Nesta altura pode trocar o alimento habitual deles por milho triturado ou outros alimentos triturados, pode também começar a introduzir verduras e legumes na sua alimentação.

Se executar estes procedimentos terá uma probabilidade maior de sobrevivência dos seus pintainhos.

Na nossa loja encontra todo o material necessário para criar os seus pintos. Visite-nos!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 12:10

Terça-feira, 23.08.16

Boas Práticas - Manuseamento de Produtos Fitossanitários

 

Logotipo Cooperativa.jpg

 

 

 

Porque nunca é demais relembrar...

 

Reduzir o risco no uso dos produtos

- Utilize apenas produtos homologados (verifique se estão autorizados para a cultura e inimigo a combater);

- Respeite as instruções no rótulo;

- Siga as recomendações de segurança do rótulo e da ficha de segurança do produto.

 

Medidas de proteção:

- Use instalações adequadas (armazenamento, preparação da calda, lavagem de equipamentos, etc.);

- Tome as medidas de higiene pessoal necessárias;

- Escolha corretamente os equipamentos de aplicação;

- Realize a manutenção adequada das instalações e dos equipamentos.

 

Boa organização e boas práticas:

- Minimize ao estreitamento necessário o número de pessoas presentes no momento da aplicação dos produtos;

- Os locais de armazenagem devem estar fechados à chave;

- Preparar apenas o volume de calda necessário para a área a tratar;

- Evite derrames durante o enchimento do tanque;

- Reduza a manipulação tanto dos produtos, como dos equipamentos usados na aplicação;

- Em caso de derrame durante a fase da preparação, limpe as superfícies contaminadas.

 

Respeite as normas de higiene!

- Não coma, não beba e não fume durante a utilização dos produtos;

- Em caso de contacto acidental, dispa a roupa contaminada e lave imediatamente as partes do corpo que estiveram em contacto com o produto;

- Lave a roupa de trabalho e os equipamentos de proteção antes de voltar a usá-los.

Higiene pessoal.PNG

  Equipamento de Proteção Individual

- Escolha os equipamentos de acordo com as instruções do rótulo e da ficha de segurança;

- Siga as instruções do fabricante no que respeita à conservação e limpeza;

- Descarte-se dos equipamentos quando se apresentem deteriorados ou no final da vida útil.

EPIs.PNG

 Em caso se dúvida, sobre qualquer questão, contacte sempre o técnico responsável pela venda do produto.

 

zzz.PNG

Fonte: Catálogo Milho Produtos Fitofarmacêuticos, Syngenta 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 15:12

Quarta-feira, 09.03.16

Assembleia Geral - 14 de Março de 2016

ass.geral.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Associação Agrícola da Ilha das Flores às 17:23


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Metereologia Lajes das Flores


Metereologia - Santa Cruz das Flores


Contador de Visitas



Pesquisar

Pesquisar no Blog